terça-feira, 22 de novembro de 2011

PARABÉNS AOS VENCEDORES DO PRÊMIO PRESS 2011

                                                     Acrescentado em 24/11
Em cerimônia realizada hoje (22 de novembro) no Auditório Dante Barone, da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul, foram divulgados os nomes dos vencedores do Prêmio Press 2011.


Os ganhadores



  Melhor Repórter de Rádio do ano: Felipe Chemale, da Rádio Gaúcha, 31 anos.
Formado pela PUC há nove anos, começou a trabalhar na Rádio Bandeirantes em 1999.
 Em 2003, foi para a Gaúcha. Em 2007 e 2008, também atuou como repórter na TV Com.



Melhor Repórter de TV do ano: Rodrigo Lopes, da RBS TV, 33 anos. Formado pela Ufrgs, em 2001, é jornalista multimídia no Grupo RBS, apresentador TVCOM, colunista de assuntos internacionais de Zero Hora e comentarista da Rádio Gaúcha.


Melhor Repórter de Jornal: Patricia Comunello, do Jornal do Comércio. É também assessora de Imprensa do Sindicato Médico do RS (Simers). Nasceu em Capinzal (SC) e se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Maria em 1993. Atuou em Zero Hora, no clicRBS SC, no Portal Terra e no Correio do Povo.
..
Melhor Colunista de Jornal: David Coimbra,
 de Zero Hora. Formado pela PUC, com 49 anos, é diretor executivo de esportes e colunista do jornal Zero Hora e participa dos programas Sala de Redação (Rádio Gaúcha) Pretinho Básico (Rádio Atlântida) e Café TV Com (TV Com) e blog no Click RBS.


Melhor Comentarista de TV do ano: João Garcia, da TV Bandeirantes. Nascido em Arroio Grande (RS), em 1949, João Antônio Lopes Garcia já trabalhou em inúmeras emissoras, entre elas a Gaúcha, Alvorada de Brasília, Sucesso, de Porto Alegre, TVE.
Melhor Comentarista de Rádio: Adroaldo Guerra Filho, o Guerrinha, da Rádio Gaúcha
     Guerrinha, 55 anos, é também integrante do programa Sala de Redação, da Rádio Gaúcha e colunista de esportes do jornal Diário Gaúcho, além de comentar jogos pela RBS TV e Rádio Gaúcha. Começou como repórter de turfe na Folha da Manhã e no Correio do Povo, na antiga Caldas Junior e depois integrou a equipe de Esportes de Zero Hora.





Carla Fachim
Melhor Apresentador de TV:  empate entre Carla Fachim, da RBSTV...

Carla Fachim é editora e apresentadora do Bom Dia Rio Grande. É formada em jornalismo pela Unicruz, de Cruz Alta. Ela começou na RBSTV de Cruz Alta, onde era âncora do Jornal do Almoço regional.
                                   
E Magda Beatriz, da TV Pampa. Aos 18 anos, Magda
Beatriz Rodrigues Alves (quase ninguém conhece o sobrenome dela) começou sua carreira como apresentadora do Telejornal Portovisão, com Clóvis Duarte e Tânia Carvalho na antiga TV Difusora. Depois, Magda participou, com Tânia, do programa Guaíba Feminina, da TV Guaíba, em 1980. Atuou também na TV Bandeirantes. 

  

Melhor Apresentador de Rádio: André Machado, da Rádio Gaúcha
Âncora dos programas Atualidade e Chamada Geral, André Machado, 44 anos, começou a faculdade de jornalismoc na Urgs e se formou na Puc. É filho do advogado, jornalista, ex-deputado e ex-vereador Dilamar Machado, falecido em 27 de agosto de 2001. Ele trocou a faculdade de biologia pelo jornalismo e começou sua carreira na TV. Está há 15 anos na Rádio Gaúcha.  


Melhor Jornalista de Web: Polibio Braga. Nascido em Jaraguá do Sul (SC), Polibio é jornalista, escritor e político. Trabalhou no Diário Catarinense, Correio da Manhã, Última Hora, Gazeta Mercantil, Zero Hora, Correio do Povo e Jornal do Comércio, além das revistas Veja e Exame. Apresentou programas na RBSTV, Band, Pampa, e RV Guaíba. É colunista de O Sul e foi premiado pelo seu blog http://www.polibio.blogspot.com/. Foi secretário de Indústria e Comércio e da Fazenda e de Relações Exteriores, além de chefe da Casa Civil no governo de Alceu Collares. 


Melhor Fotógrafo do ano: Pedro Revillion, do Correio do Povo
Pedro é natural de Porto Alegre, tem 25 anos, e se formou em jornalismo na PUC, em 2009. No mesmo ano, entrou para o Correio do Povo, depois de ter trabalhado como free-lancer no Jornal do Comércio e em O Sul. Foi também estagiário na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.


Melhor Locutora de Notícias: Maria Luiza Benitez, da Rádio Guaíba
 Maria Luiza nasceu em Bagé. Além de apresentadora de notícias, Malu, como é chamada, brilha também na área musical. Aos quatro anos, começou a cantar em programas de auditório na sua cidade e, paralelamente ao trabalho na rádio, participa do movimento nativista, fazendo shows ou atuando como jurada ou mestre  de cerimônia na maioria dos festivais do Estado. Em Bagé, começou a apresentar programas na Rádio Cultura e também trabalhou na Difusora e na Clube. Em Porto Alegre desde 1976, atuou como locutora nas rádios Gaúcha, Princesa, na rádio e TV Difusora e na Guaíba onde ficou, na primeira fase por 15 anos. Também atuou na TV Educativa e na Rádio Rural, da RBS.

Melhor Jornalista do Interior: Acacio Silva, da Rádio Uirapuru, de Passo Fundo
Melhor Jornalista do ano: Felipe Vieira. Nasceu em Butiá (RS), onde começou no rádio aos 13 anos, cobrindo futsal para a Rádio Sobral em 1979. Formado pela Famecos (PUC). Trabalhou na Gaúcha, na CBN 1120, Itapema FM, RBS TV, TVCom, Band AM, Bandnews FM e Band TV. Desde fevereiro deste ano está na na Rádio guaíba. Este foi o oitavo Prêmio Press conquistado,dois deles como melhor jornalista do ano.


Melhor programa de rádio: Band Repórter, da Rádio Bandeirantes AM.
Programa de TV: Conversas Cruzadas, da TVCom
     Além dos troféus por categorias, foram entregues outros três prêmios. Otácio Gadret, da Rede Pampa, recebeu o Troféu Sistema Fiergs - Homenagem Especial em reconhecimento à sua contribuição ao desenvolvimento das comunicações e da atividade jornalística no Estado nos últimos 40 anos. O Troféu Banrisul Comunicação em Agrobusiness foi entregue, in memorian, ao jornalista Hugo Hoffmann, que morreu no ano passado, proprietário de  A Granja, a revista mais antiga em circulação no país. O Troféu Banrisul Comunicação em Agrobusiness foi entregue à jornalista Denise Nunes, pelos seus mais de 20 anos dedicados ao jornalismo econômico, 14 dos quais assinando a coluna de Economia do jornal Correio do Povo, extinta recentemente.
     Outra novidade ocorreu na categoria de Colunista de Jornal ou de Revista do Ano, cujo troféu passa a se chamar Troféu Fernando Albrecht, nome que, a partir de agora, é hour concours do Prêmio Press.


Fontes: twitter do jornalista e radialista André Machado, da Rádio Gaúcha (no dia da divulgação dos prêmios), com outras informações
























Um comentário:

Anônimo disse...

Oi lá para tudo, eu também sou de fato ansiosos de aprendizagem pessoais em casa de programação de páginas, mas eu sou novo , eu sempre usado para examinar o conteúdo relacionado à programação pessoais home page .