segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

PIADAS DE GAÚCHO

O Gauchão, pela primeira vez em São Paulo, pegou um táxi. Sabe como gaúcho é curioso né? Ao ver o símbolo da Mercedes Benz sobre o capô do carro perguntou: 
      - O que é aquele troço ali?
O taxista paulista, querendo tirar um sarro do gaúcho, disse que aquilo era uma espécie de mira que os carros paulistanos tinham. Serviam para calibrar a mira e atropelar velhinhas, esporte preferido deles. O gaúcho ficou pensando... Pra rir mais ainda, o paulista viu uma velhinha lá adiante e pensou: Vou dar um cagaço nesse gaúcho. Vou fazer de conta de que vou atropelar e na hora eu desvio. E assim fez. Quando chegou bem pertinho da velhinha, desviou o carro em cima, mas, mesmo assim, ouviu um estouro e enxergou pelo espelho a idosa voando, com bolsa prum lado, dentadura pra outro, e se apavorou. Foi quando o Gaúcho comentou:
     - Bah, tchê! Tu tem que mandar consertar essa tua mira. Se não é eu abrir a porta, nós perdia a véia.!!!!


      Vivendo lá no fundo do Interior, o gaúcho velho não conhecia muito do que se passava na Capital. Não via televisão, e o pouco que sabia era pelo rádio. Um dia teve vontade de conhecer Porto Alegre. Um amigo dele, que já tinha morado uns tempos na Capital, disse que tudo é diferente da vida que eles levavam. Uma das coisas que contou foi que "em Porto Alegre, os carros não andam, voam". O gaúcho, muito bronco, levou a informação ao pé da letra. Ficou acreditando que na Capital já havia algum tipo de táxi-avião.
   Pois quando desceu do ônibus na Estação Rodoviária, entrou em um táxi bastante preocupado. Disse ao motorista que queria ir até a Rua Dom Pedro II, onde morava um compadre dele. Foi o motorista perguntar "em que altura?" e o gauchão puxou uma faca da cintura e ameaçou:
 - Presta atenção, seu filho-da-puta. Se tu passares de meio metro eu te enfio isto no bucho.




Nenhum comentário: