terça-feira, 15 de dezembro de 2015

CUIDADO COM O MOSQUITO DA DENGUE E VIRUS ZIKA E DA FEBRE CHIKUNGUNYA

As notícias sobre a proliferação da fera chamada Aedes egypti, que agora ataca com novas armas, como um terrorista implacável, insistente e incansável nos ofensivas sempre surpreendentes, me lembraram de um post que publiquei no meu blog www.vidacuriosa.blogspot.com.br em 2013. Naquela época, descobri na Internet uma forma de construir armadilhas para mosquito. Como eu trabalhava em uma prefeitura da Região Metropolitana, ousei sugerir uma campanha contra a dengue (naquela época ainda não havia os vírus Zika e Chikungunya, nem a possibilidade de grávidas serem picadas pela mosquita e gerarem crianças com microcefalia). 
    A ideia era envolver a Vigilância Sanitária com a secretaria da Educação e fazer os alunos trabalharem sobre a questão da dengue e criarem uma armadilha para capturar os mosquitos Aedes egypti. Se cada criança levasse a armadilha para casa, a caça ao mosquito cobriria praticamente todo o território do município. Além da importância de alertar e lutar contra os mosquitos, daria uma boa repercussão positiva para a prefeitura. Mas o pessoal da Vigilância Sanitária não achou uma boa ideia. Os dirigentes dessa seção, especializados em zoologia, biologia e entomologia, alegaram que não teriam funcionários suficientes para desenvolver a campanha. Um deles achava até que precisaria ter um especialista para acompanhar cada aluno. Temia que as crianças derramassem a armadilha e libertassem os mosquitos capturados desde a larva contribuindo para aumentar a população dos insetos em fez de dizimá-los. Então desisti. Coloquei apenas no blog. Veja mais em  http://migre.me/soUUU e mais em http://migre.me/soVEb

Nenhum comentário: