quarta-feira, 13 de novembro de 2013

JORNALISTAS DE ZERO HORA GANHAM A PRINCIPAL DISTINÇÃO DO PRÊMIO ESSO

Quatro jornalistas de Zero Hora ganharam o prêmio principal da 58ª edição do Prêmio Esso de Jornalismo. José Luís Costa, Humberto Trezzi, Marcelo Perrone e Nilson Mariano conquistaram o primeiro lugar com o trabalho Os Arquivos Secretos do Coronel do DOI-Codi. A reportagem foi realizada a partir dos arquivos do coronel da reserva do Exército Julio Miguel Molina Dias, chefe do DOI-CODI no Rio, nos anos 1980, que morreu ao sofrer um assalto em 2012 em Porto Alegre. O trabalho permitiu desmentir versões oficiais de episódios do período militar como o Caso Rubens Paiva e o das bombas explodidas no Rio-Centro. Os vencedores recebem o diploma e dividem o prêmio de R$ 30 mil.
Conforme o site do principal concurso para jornalistas no país, além do prêmio principal, mais 13 trabalhos foram destacados: os prêmios Esso de Reportagem, Fotografia e Telejornalismo e outras 10 premiações de categorias. Conforme a organização do concurso, mais de 31 mil trabalhos foram examinados pelas comissões de julgamento.
Humberto Trezzi

Nilson Mariano

José Luís Costa

Marelo Perrone

AS  DEMAIS PREMIAÇÕES:
TELEJORNALISMO– 
Equipe da Rede Record, liderada pelo jornalista Luiz Carlos Azenha, com a série de cinco reportagens intitulada AS CRIANÇAS E A TORTURA. O trabalho revela o horror experimentado por crianças afastadas dos pais, presas junto com eles, usadas como ameaça nas sessões de tortura e muitas vezes obrigadas a assistir às agressões no período da ditadura militar no Brasil.

REPORTAGEM                                                                                                        Jornalistas Roberto Kaz, José Casado e Glenn Greenwald, com o trabalho Na mira dos EUA, publicado no jornal O GLOBO. O trabalho é baseado em documentos da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA), vazados pelo ex-agente Edward Snowden. O material tornou público pela primeira vez que o governo americano compilou milhões de emails e telefonemas que passaram pelo Brasil, levantando horário e duração, endereço eletrônico de autores e destinatários.

Flagrante de Victor Dragonetti Tavares ganhou o Esso de Fotograrfia
 FOTOGRAFIA                                                                                      Victor Dragonetti Tavares, o Drago, com a fotografia PM Ferido Afasta Agressores, publicada na Folha De S. Paulo.

INFORMAÇÃO ECONÔMICA                                                                   Demétrio Weber, com o trabalho Uma Década de Bolsa Família, publicado no jornal O Globo.

INFORMAÇÃO CIENTÍFICA, TECNOLÓGICA OU AMBIENTAL
  Miriam Leitão e Sebastião Salgado, com o trabalho Paraíso Sitiado, publicado no jornal O Globo.

EDUCAÇÃO
  Érica Fraga, com o trabalho Atratividade e Resultados das Políticas de Cotas nas Universidades Públicas Brasileiras, publicado na Folha de S. Paulo.

PRÊMIO ESPECIAL DE PRIMEIRA PÁGINA
Carlos Marcelo Carvalho, Janey Costa, Álvaro Duarte, Renata Neves, Ney Soares Filho, Rafael Alves, Júlio Moreira, Josemar Gimenez e João Bosco Martins Sales, com o trabalho Oscar Niemeyer, publicado no jornal Estado de Minas.

CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA JORNAL
Amaurício Cortez, Gil Dicelli e Pedro Turano, com o trabalho Planeta Seca, publicado no jornal O Povo (Fortaleza).

CRIAÇÃO GRÁFICA - CATEGORIA REVISTA
Rafael Quick, Luiz Romero, Alex Silva, Jorge Oliveira e Fabricio Miranda, com o trabalho O Que Comem os Atletas, publicado na revista Superinteressante.

PRÊMIO ESSO REGIONAL NORTE/NORDESTE
Bruno Albertim, com o trabalho Identidade Comestível, publicado no jornal do Commercio (Recife).

PRÊMIO ESSO REGIONAL CENTRO-OESTE
Ana Maria Campos e Lilian Tahan, com o trabalho O Poder da Terra, publicado no Correio Braziliense.

PRÊMIO ESSO REGIONAL SUL
Rogerio Waldrigues Galindo, Bruna Maestri Walter, José Marcos Lopes e Rosana Félix, com o trabalho Crime sem Castigo, publicado na Gazeta do Povo, do Paraná.

PRÊMIO ESSO REGIONAL SUDESTE
Luiza Villaméa, com o trabalho filhos do Brasil, publicado na revista Brasileiros.

MELHOR CONTRIBUIÇÃO À IMPRENSA                                                           Revista de Jornalismo ESPM - edição brasileira da Columbia Journalism Review e Folha de S. Paulo, pelo projeto Folha Transparência.

MELHOR CONTRIBUIÇÃO AO TELEJORNALISMO                                            A Comissão de Premiação de Telejornalismo concedeu a distinção de Melhor Contribuição ao Telejornalismo ao trabalho Protestos Junho 2013, de Fernando Canzian e equipe, da TV Folha, exibido na TV Cultura.

Comissão Especial de Fotografia, a quem coube apontar o trabalho vencedor dentre os dez trabalhos fotográficos finalistas, foi constituída pelos jurados: Alaor Filho – PRINTRIO; Agliberto Lima – Diário do Comércio – SP; Alberto Jacob Filho - ARFOC-RIO; Alcyr Cavalcanti – ARFOC; Alexandre Sassaki - O GLOBO; André Feltes - DIÁRIO GAÚCHO; André Sarmento – ÉPOCA; Arnaldo Carvalho – JORNAL DO COMMERCIO – PE; Carlos Casaes – A TARDE – BA; Carlos Menandro – Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 1986; Cléber Gomes – A NOTÍCIA – SC; Clóvis Miranda – A CRÍTICA – AM; Diego Padgurschi – FOLHA DE S.PAULO; Eduardo Ribeiro - JORNALISTAS & CIA; Eduardo Soares de Queiroz - DIÁRIO DO NORDESTE; Eduardo Nicolau – O ESTADO DE S. PAULO; Evandro Monteiro – Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 2005; Evandro Teixeira; Flávio Rodrigues – PHOTOSYNTESIS; Francisco Guedes (Chico) – A GAZETA – ES; Francisco Fontenele - O POVO (Fortaleza); Germano Lüders – EXAME; Guilherme Busch – CORREIO POPULAR; Gustavo Azeredo – EXTRA; Heitor Cunha – Diário de Pernambuco; Hélio Campos Mello - REVISTA BRASILEIROS – Vencedor do PEJ 1991; Inácio Teixeira - ARFOC-SP; Jefferson Botega – ZERO HORA; João Alfredo Bruschz – GAZETA DO POVO; João Alves Filho – MEIO NORTE – PI; Leopoldo Mesquita - REVISTA FHOX; Marcelo Rodrigues Silva – COMÉRCIO DA FRANCA – SP; Luiz Tajes - CORREIO BRAZILIENSE; Luiz Morier - Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 1983 e 1993; Marcelo Prates - HOJE EM DIA; Mara Lúcia da Silva – Carta Capital; Márcio Costa e Silva – CORREIO*; Monica Maia – Doc Galeria; Niels Andreas – Bondorff Produções; Patrick Szymshek – LANCE; Paulo Marcos de Mendonça Lima (O DIA e BRASIL ECONÔMICO); Paulo Rodrigues; Reginaldo Manente - Vencedor do Prêmio Esso de Fotografia 82 – menção honrosa 62, 63 e 65; Rejane Araújo – O TEMPO; Rogério Reis - AGÊNCIA TYBA; Sergio Branco – FOTOGRAFE MELHOR; Sérgio Ranalli – FOLHA DE LONDRINA; Sidney Lopes – ESTADO DE MINAS; Silas Botelho – VALOR ECONÔMICO; Weimer Carvalho – O POPULAR – GO.

Nenhum comentário: