quarta-feira, 16 de novembro de 2011

VEJA OS VENCEDORES DO PRÊMIO ESSO 2011

A série de reportagens intitulada O Patrimônio e as Consultorias Que Derrubaram Palocci, dos jornalistas Andreza Matais, José José Ernesto Credendio e Catia Seabra, publicada na Folha de S.Paulo, foi o grande vencedor do Prêmio Esso de Jornalismo de 2011. A premiação consiste em um diploma e R$ 30 mil. O resultado foi divulgado hoje no site do prêmio, após o exame, por duas comissões, de 1.272 trabalhos, recorde nas 56 edições do mais importante concurso de jornalismo do país. Além do prêmio principal, e do Prêmio Esso de Telejornalismo, foram divulgados os vencedores de outras 12 categorias de mídia impressa. Os nomes foram definidos no dia 10 de novembro, e a cerimônia de entrega dos prêmios está marcada para o dia 1º de dezembro deste ano, durante um jantar no Rio de Janeiro.

                               OS VENCEDORES
Telejornalismo – Vencedor foi a equipe da Rede Record, composta dos jornalistas amazônica, a equipe da Rede Record formada pelos jornalistas Gustavo Costa, André Tal, Cátia Mazin e Rodrigo Beti, que produziu o trabalho Especial, 40 anos,- Transamazônica, a Estrada Sem Fim, numa exaustiva jornada de 28 dias e cinco mil quilômetros, em plena floresta. O prêmio é de diploma e R$ 20 mil.
Reportagem - Fabiana Moraes, do Jornal do Commercio, do Recife, ficou com o primeiro lugar, com o trabalho O Nascimento de Joicy, sobre um agricultor de 51 anos que se submeteu a uma mudança de sexo.
Foto salvou uma vida/Epitácio Pessoa
Fotografia – Epitácio Pessoa, de o Estado de S.Paulo, ganhou o prêmio com o trabalho Violência Abortada. A sequência mostra um reciclador de 19 anos, que estava amarrado e seria assassinado, mas os agressores fugiram ao perceber que estavam sendo fotografados. Ganhou diploma e R$ 10 mil.
Informação Econômica - David Friedlander, Leandro Modé, Fausto Macedo e Sonia Racy, com o trabalho As Fraudes no Banco de Sílvio Santos, publicado no O Estado de S.Paulo. Diploma e R$ 5 mil.
Informação ciêntica, tecnológica e ambiental - Daniela Chiaretti, com o trabalho No Topo do Mundo, publicado no jornal Valor Econômico. Diploma e R$ 5 mil.
Educação - Tatiana dos Santos, Cleisi Soares, Gilmar de Souza e Arivaldo Hermes, com o trabalho Mestre com Carinho, publicado no Jornal de Santa Catarina, Blumenau. Diploma e R$ 5 mil.
Especial de Primeira Página - João Bosco Adelino de Almeida, Ana Dubeux, Carlos Alexandre, Plácido Fernandes, Marcelo Agner, Luis Tajes e Marcelo Ramos, com o trabalho Eles nos envergonham... ela nos orgulha, publicado no jornal Correio Braziliense. Diploma e R$ 5 mil.
Criação Gráfica – Categoria Jornal - Dennis Fidalgo Doimo e André Graciotti, com o trabalho Troca de Olhares, publicado no jornal O Estado de S.Paulo. Diploma e R$ 5 mil.
Criação GráficaCategoria Revista - Elohim Barros, Adriana Verani, Jaqueline Amaral, Eva Uviedo, Flavia Durante, Ivan Obara, Fernando Luna, Paulo Lima, Lino Bocchini, Bruno Torturra Nogueira, Camila Fudissaku, Alex Vargas Cassalho, Thiago Bolotta, Vivian Villanova e Ricardo Calil, com o trabalho Edição Especial Futuro, publicado na revista TRIP. Diploma e R$ 5 mil.
PRÊMIO ESSO REGIONAL NORTE/NORDESTE
Diploma e R$ 3 mil
Ciara Carvalho, com o trabalho O Paraíso às Avessas, publicado no Jornal do Commercio (Recife).
PRÊMIO ESSO REGIONAL CENTRO/OESTE
Diploma e R$ 3 mil
Vinicius Sassine, com o trabalho A Morte no Berço das Águas, publicado no jornal Correio Braziliense.
PRÊMIO ESSO REGIONAL SUL
Diploma e R$ 3 mil.
Itamar Melo, com o trabalho Caça-Níqueis, Caça-vidas, publicado no jornal Zero Hora.
PRÊMIO ESSO REGIONAL SUDESTE
Diploma e R$ 3 mil
Antonio Werneck, Waleska Borges e equipe da Editoria Rio, com o trabalho Depois da Tempestade, vem a Corrução, publicado no jornal O Globo.
Imagem correu o mundo/Rogério de Paula
Melhor Contribuição ao Telejornalismo – Repórter cinematográfico Rogério Miguel de Paula, da Rede Inter TV, pelas cenas contidas na reportagem O Resgate de Dona Ilair, exibida em várias emissoras do Brasil e do mundo, cujo trabalho, segundo a comissão “evidenciou o senso de oportunidade, a coragem e a perseverança do profissional para registrar as imagens, características que destacam a atuação do repórter cinematográfico, função fundamental para o Telejornalismo.

Um comentário:

Kleber disse...

Incrível a foto onde o homem seria assassinado