segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

CURIOSIDADES FUTEBOLÍSTICAS: MUDANÇAS NOS TERMOS DO FUTEBOL

Criado na Inglaterra e trazido para o Brasil em 1900 (o Esporte Clube Rio Grande foi o primeiro clube de futebol a ser fundado), o futebol trouxe os termos em inglês para as regras e as posições. Depois, os nomes foram mudando:
O goleiro se chamava goal keeper. Foi chamado também de guarda-valas, guarda-metas, arqueiro e, por fim, goleiro, o jogador que fica sob a goleira, pode usar as mãos e tem a missão de tentar impedir os gols.


O defensor que atua mais pelo lado direito ou esquerdo do campo, já se chamou half, depois foi lateral e mais modernamente é ala.


Os jogadores do meio da defesa se chamavam central back  (aportuguesado para beque central e depois zagueiro central), e o quarto zagueiro.


O jogador do meio campo, que atuava à frente dos zagueiros já foi chamado de center-half e centromédio. Com a mudança nos sistemas táticos, que não deixa mais os jogadores fixos em determinadas áreas do campo, ele é chamado de primeiro volante.


No meio-campo, havia ainda o meia-esquerda e o meia-direita ou ponta de lança.


No ataque, pelo meio, o primeiro nome foi center forward (em inglês, no centro para a frente). Foi aportuguesado e se mantém até hoje como centroavante.


Na frente pelo lado direito ou pelo esquerdo, quase rente à linha lateral, o primeiro termo era insider, logo aportuguesado para ponteiro. Com a mudança tática e a preferência por não jogar com um atleta fixo nas pontas, surgiram, no meio, o meia-armador ou ponta de lança, o meia-esquerda ou meia-direita, o segundo volante ou até terceiro.


Outros termos

Escanteio - Foi chamado também de corner (canto, em inglês) e, em português, tiro de canto. É quando a bola sai de jogo pela linha de fundo depois de ter tocado em um defensor.


Árbitro - Em inglês era referee. Hoje é chamado também de juiz.


Bandeirinha - Já foi chamado de linesman (homem da linha em inglês) e é conhecido também como auxiliar de árbitro ou assistente.


Local onde o jogo se desenvolve - Já foi ground, cancha (que vale também para futebol de salão e bocha) e atualmente gramado. Em português de Portugal é relvado.
Kickoff - O pontapé inicial. Quando alguma autoridade ou celebridade é homenageada, permite-se a ela o privilégio de dar o primeiro toque na bola para o início simbólico da partida.
Freekick - Falta feita pelo goleiro ao pegar a bola com a mão fora da área ou ficar muito tempo com a bola sem jogá-la para o campo (também chamado de fazer cera).
Falta - Erro cometido pelo jogador (chutar ou empurrar o adversário ou pôr a mão - hand em inglês- na bola se não for goleiro) chamou-se primeiro, em inglês, foul.
Penalty - A falta mais grave. É chamada também de penal e de penalidade máxima. Foi aportuguesada para pênalti. A cobrança é feita a nove passos da linha do gol, dentro da pequena área, entre ele e o goleiro.
Gol - É o ponto marcado na partida, quando a bola ultrapassa a linha entre as traves. Foi chamado de goal (objetivo, em inglês) e meta. Gol pode ser também a goleira. Já foi chamado de golo no primeiro aportuguesamento e é mantido apenas em Portugual e ex-colônias lusitanas. Outro sinômimo de gol foi tento (deriva do tempo em que a bola era de couro bovino e costurada com tiras fininhas também de couro, os tentos).
Bola - Foi chamada também de pelota (e é ainda assim nos países de lingua espanhola). Os locutores a chamaram e a chamam de várias formas como gorduchinha, esférico, entre outras.
Partida - O termo em inglés é match, que signfica encontro. No início do século passado, era chamado também de prélio, porfia, embate e peleia, especialmente no Rio Grande do Sul.
Equipe - Um dos termos mais usados é time, que deriva do inglês team. Em Portugal é equipa. O conjunto de jogadores do time, reunindo titulares e reservas é chamado de plantel, termos emprestado do turfe.
Torcida - São os simpatizantes e mais do que isso, os aficcionados. A origem da expressão torcer teria relação com uma espectadora, nervosa, torcia um lenço durante jogos no Rio de Janeiro.

3 comentários:

Christiane disse...

Muito legal esse post, Plínio! Deu para aprender algumas coisas e descobrir boas curiosidades!
Bjo
Christiane Matos

Dalva Maria Ferreira disse...

E assim vai-se enriquecendo o idioma, com as palavras importadas e outras, inventadas só para esse evento que é de âmbito mundial. Belo post.

Anônimo disse...

Que interessante, Plínio! Me lembrou jogo de botão, em que os nomes foram preservados. Parabéns!
Beijão, Mariana Mondini