terça-feira, 31 de março de 2009

PALAVRAS SEMELHANTES EM PORTUGUÊS E ESPANHOL, MAS COM SIGNIFICADOS DIFERENTES

                                        Acrescentado em 6/10/2012
     Não sou especialista em nenhum idioma, mas a curiosidade me permitiu descobrir falsas semelhanças entre o português e o espanhol suficientes para me ajudar a não cometer gafes. Nas poucas viagens ao Uruguai e à Argentina e ao México (uma), na escuta radiofônica dos hermanos, nas conversas com o povo de língua castelhana e, mais recentemente, nas pesquisas na Internet, aprendi uma série de palavras que parecem ter um significado e têm outro. Para exemplificar a gafe, reproduzo aqui uma história supostamente verídica que me contaram outro dia. Um brasileiro estava em Montevidéu e não conhecia nada de espanhol, muito menos de como funcionam os restaurantes por lá. Ele se aproximou do maitre e arriscou num portunhol sofrível:
_ Senor, jo quero um café.
     O funcionário respondeu:
_ Hay que pedir a el mozo! (é preciso pedir ao garçom!)
     O brasileiro achou ridículo e insistiu:
_ Jo no quero almoçar, quero um café‚ só.
     O maitre não entendeu e repetiu a frase:
_ Hay que pedir a el mozo, señor!

     O nosso amigo saiu irritado, dizendo que nunca mais botava os pés naquele restaurante e só foi entender a burrada muito tempo depois. É que almoço, em espanhol, é almuerzo. Garçom, em espanhol, é mozo (pronúncia moço). O funcionário do restaurante pediu para o brasileiro fazer o pedido ao garçom (al mozo).

Para impedir essas rateadas, aí vão dicas sobre palavras parecidas e significados diferentes:
ESPANHOL.............................PORTUGUÊS
Almohada.............................Travesseiro
Almohadilla.......................... Almofada
Diz-se também almohadillha em espanhol para o sinal no aparelho telefônico conhecido no Brasil como cerquinha ou jogo da velha.
Apellido: .............................. Sobrenome
Sobrenombre ou apodo:.........Apelido
Berro:...................................Agrião
Cachorro:..............................Filhote (de mamíferos)
Perro ou can......................... Cachorro ou cão
Carpa....................................Tenda, barraca     
Pece carpa:........................... Carpa, peixe de água doce
Casco:....................................Capacete, carapaça de tartaruga, unha de cavalo de ou de vaca e vasilhame de garrafa de cerveja 
Celos: ................................... Ciúme
Sello ou estampilla:..................Selo, para as cartas                  
                                              Zelo: cuidado
La casa es suya (pronúncia: la
caça es suja): .........................A casa é sua.
La casa es sucia:.....................Casa suja, que ninguém limpou
Cuello (pronúncia: cuelho).......Pescoço
Conejo..................................  Coelho
Cura.......................................Padre, religioso católico
                                              Cura: eliminação da doença
Padre.....................................Pai
Embarazada...........................Grávida  

Avergonzada........................... Embaraçada, sem jeito,
Exquisito:...............................Gostoso, saboroso.

                                             Esquisito: estranho
Faro......................................Farol

Rastro................................... Faro.
Feria: feira............................ Féria: ganho do motorista de táxi no dia
Vacaciones: férias
Guitarra: violão .....................Guitarra: tipo de violão com braço longo e fundo chato, sem caixa acústica e com captação elétrica.
Largo: comprido..................... Largo: que não é estreito
Ancho: largo

Maestro:................................Professor primário
Conductor: ............................Maestro de orquestra
Profesor: ..............................Professor universitário, cientista
Mala......................................  
Maleta, valija.........................Mala
Niño......................................Criança
Nido:.................................... Ninho de pássaros
Novia:.................................. Namorada

Prometida:........................... Noiva, comprometida para casar
Enamorada...........................Apaixonada      
Oso:.................................... Urso
Hueso:................................. Osso.
Pelado:.................................Careca
Desnudo................................Pelado, sem roupa
Pipa:.................................... Cachimbo
Cometa (feminino):.................Pipa, pandorga, papapaio
Polvo:..................................  
Pulpo: ..................................Polvo
Presunto:............................. Suposto,alegado

Jamon: .................................Presumto, emutido feito de carne de porto
Propina: ............................... Gorjeta
Rato.....................................Momento
Raton...................................Rato: animal roedor
Tirar: ...................................Atirar, jogar algo
Sacar....................................Tirar: subtrair, retirar 
Saco: ....................................Casaco
Bolsa de basura......................Saco de lixo
Salgo: ...................................Saio do verbo sair
............................................ Salgo: coloco sal
Salado...................................Salgado

Sótano: .................................Porão
Ático..................................... Sótão: peça entre o forro e o telhado da casa. No português mais antigo era chamado de água-furtada
Talleres:............................... Oficinas mecânicas ou oficinas de poesias 
Cubiertos:.............................Talheres (faca, garfo e colher)
Oficina:................................. Escritório
Tapa.....................................Capa (de livros, fascículos). Para capa           (primeira página) de jornais, o mais usado em espanhol é portada.
Tapa, Bofetada......................Nesse sentido, as duas têm as mesmas palavras e sentido em português.
Vaso: ....................................Copo
                                                      Vaso: recipiente para pôr flores
Zurdo: ..................................Canhoto.
Sordo: .................................. surdo

Observação: Cuidado! Não vá chamar garçom de mozo no México. Diferentemente da Argentina e do Uruguai, os mexicanos chamam o garçom de mesero (pronúncia messero, que trabalha na mesa). Mozo (pronúncia moço) é o funcionário que limpa o chão do restaurante. 

Se você tem alguma informação para acrescentar, ou eventualmente corrigir este post, por favor, não se acanhe: envie a colaboração que prontamente acrescentarei.

quinta-feira, 26 de março de 2009

DICIONÁRIO MALUCO: BRINCANDO COM AS PALAVRAS

                                              Acrescentado em 1/6/2012


Recebi um e-mail, com esse dicionário maluco, outro dia, do meu amigo internauta Geverson Ferrarri, que é sargento da Brigada Militar. Eu já havia lido algo semelhante e, desta vez, resolvi compartilhar com os amigos. Dei uma mexida em algumas definições e aí está. Como esse tipo de brincadeira não tem autoria explicitada, fica assim mesmo:

Abismado: Abobado que caiu em um precipício.
Armarinho: Móvel usado para guardar brisa proveniente do oceano.
Assaltante : Um 'A' que pula e acaba roubando alguma coisa.
Aspirado: Carta de baralho completamente maluca.
Autoajuda - Oficina mecânica na qual o proprietário do carro faz os consertos no veículo. Ou livro que ensina como cuidar do próprio carro.
Autoanálise - Exame que se faz na hora de comprar o veículo.
Autodidata: Pessoa que aprende sozinho sobre detalhes dos automóveis como marcas e anos de fabricação.
Automatismo: é o que faz alguém servir a cuia várias vezes seguidas para si mesmo na roda de chimarrão ou dentro do carro. 
Autópsia: Exame nas peças do veículo para saber qpor que o motor morreu.
Barganhar: Fazer uma troca e receber um boteco.
Barracão: Galpão onde é proibido entrar caninos.
Bimestre: Período em que um professor ensina em duas disciplinas.
Biscoito: Fazer sexo duas vezes enquanto come um determinado tipo de bolacha.
Caçador: Indivíduo que vive procurando se autolesionar.
Cerveja: Bebida que gostaria de se transformar em uma revista.
Cleptomaníaco: Fã que tem obsessão em furtar os discos de Eric Clapton.
Contribuir: Ir para algum lugar com vários índios.
Coordenada: Que não tem cor.
Conversão: Papo prolongado que convence alguém a mudar de religião.
Democracia: Sistema de governo do inferno em que o povo manda. (Aos mais politizados, é só uma piada, viu?)
Detergente: Ato de prender seres humanos utilizando substância usada para lavar louça.
Determine: Mande prender a namorada de Mickey Mouse.
Eficiência: Estudo competente das propriedades da letra F
Estouro: Correria provocada por bovinos castrados.
Expedidor: Mendigo que mudou de classe social ao rumar um serviço de entrega.
Fluxograma: Direção em que cresce o capim.
Halogênio: Forma de cumprimentar pessoas muito inteligentes usando certo tipo de lâmpada.
Homossexual: Gay que lava as partes íntimas com sabão em pó.
Diabetes: As dançarinas do diabo que deixam a pessoa doente e com muito
açúcar no sangue.
Leptospirose: Piração causada pelo uso excessivo do notebook. É causada pela urina do mouse. (baseado em post de Ari Teixeira no facebook)
Luz Solar: Energia luminosa emitida pela parte de baixo do sapato. 
Madrugadores: Fãs do ator mexicano Ramón Valdés que gravam o programa do Chavez e acordam bem cedo para assisti-lo.
Ministério: Parte do governo encarregada de taxar pequenos aparelhos de som.
Missão: Culto religioso com mais de três horas de duração.
Padrão: Religioso católico muito alto e gordo.
Presidiário: Aquele que é capturado todos os dias.
Pornográfico: O mesmo que colocar no desenho. É sempre baixaria.
Pressupor: Colocar valor em alguma coisa achando que está correto.
Ratificar: Tornar-se um rato. E confirmar isso.
Regime militar: Rotina de dieta e exercícios  determinada pelo exército.
Suburbano: Habitante dos túneis do metrô fora do centro da cidade.
Tripulante: Especialista em salto triplo que pratica dentro de navio ou avião.
Unção: Erro de concordância verbal. O certo seria "um é". Extrema unção é o equivoco ocorrido pouco antes da morte. 
Violentamente: Assistiu, devagarinho, a uma cena de agressão. (Essa é braba.)
Volátil: Avisar o irmão do pai que você vai lá (Essa é pior ainda.).
Testículo: Pequena frase para definir parte do órgão reprodutor masculino



.




quarta-feira, 11 de março de 2009

MAIS UM DESAPARECIDO

Familiares de Nelsinho Silva da Rosa, 49 anos, não se conformam com o desaparecimento dele. Nelsinho trabalhava como vendedor de produtos alimentícios no Bairro Niterói, em Canoas, e passou a sofrer efeitos de bipolaridade e depressão. Poucos meses depois de ter sido internado com problemas circulatórios em uma das pernas, Nelsinho acabou entrando em crise.
A irmã dele, Marlene, conta que no dia 8 de junho de 2008, Nelsinho saiu da casa onde mora com uma sobrinha e foi visitar um amigo que conheceu quando esteve internado no Hospital Nossa das Graças. Em surto, ele saiu a pé e deixou o carro, a chave e os documentos na casa do amigo. E até hoje ninguém teve notícias dele.
Apesar de ter seu nome e foto divulgados no Diário Gaúcho por várias vezes, os familiares não conseguem localizá-lo. Mendigos disseram tê-lo visto em São Leopoldo e em abrigos de Porto Alegre. Mas, nos locais citados, Nelsinho não foi localizado. Além de mancar de uma perna, o desaparecido tem uma tatuagem de águia no peito.
Não consigo entender como ele continua desaparecido. Se ele fosse parente de alguém "importante", as autoridades estariam empenhadas em localizá-lo. Como não é, deve estar vagando pelas ruas como andarilho, envolto em seus problemas psíquicos, sofrendo sozinho. Ou então está morto e enterrado como indigente.


Não existe gratificação em dinheiro para quem ajudar a encontrá-lo. Se você quiser, poderá repassar essa foto para alguém. Se tiver informações sobre ele, ligue para (xx) (51) 3463-6807 ou 9317-6638. Se ele for encontrado, sua gratificação será pensar que o mundo não está tão perdido como parece.

segunda-feira, 2 de março de 2009

ERROS QUE SE REPRODUZEM PELA DIVULGAÇÃO NA TV

Não assisto ao Big Brother. Por isso, não vou fazer qualquer crítica aqui. Se está no ar há tanto tempo, é porque tem uma grande parte da população que gosta. Mesmo sem acompanhar, não posso deixar de ouvir porque a tevê fica ligada na redação, no horário final do meu trabalho. Pois, hoje, ouvi o Pedro Bial falar alguma coisa para os confinados na casa. Não sei qual era o assunto. Apenas liguei-me no adjetivo que ele usou não sei sobre quem: malemolente. Isso mesmo, malemolente.
Essa palavra não existe, mas certamente milhares de pessoas vão repeti-la quando quiserem se referir a uma pessoa com ginga e molejo no corpo, com malandragem na mente. A palavra certa é MANEMOLENTE. Se o Bial fosse ao dicionário, veria que manemolente vem de manemolência, que, por sua vez, foi uma expressão criada na Bahia a partir de um personagem chamado Mané Mole. O mané certamente ganhou esse apelido pelo seu estilo mole e malandro.
Não são poucas as pessoas que confundem manemolência com malemolência e vão repetindo e retransmitindo esse vírus. Há algumas semanas, ouvi a Angélica falar esse termo errado durante uma edição do seu programa Estrelas, da Rede Globo. Deixei passar. Agora, com o Bial, que costuma recitar textos poéticos e frequentemente debocha dos aspirantes-à-fama-sem-talento-algum, não resisti.