terça-feira, 9 de outubro de 2007

SOBRE A MISSÃO JORNALÍSTICA

Manoelito de Ornellas foi um grande jornalista gaúcho e nasceu há cem anos. Natural de Itaqui (RS), foi diretor da Biblioteca Pública do Estado. Morreu em 1969. Um dia encontrei esse texto em um livro dele e nunca mais esqueci.


Sobre a missão jornalística


O jornal pertence ao povo, aos leitores, antes de tudo. Não é uma fossa de ódio, de mesquinharias humanas; é uma cátedra que educa, que ilustra, que dignifica. Daí a responsabilidade imensa daqueles que se tornam donos de uma coluna de jornal. O leitor não coparticipa, nunca, das ojerizas de cunho estritamente pessoal que o jornalista deixa clara, ou subrepticiamente transparecer no que escreve. O leitor repele esse processo inferior.
(Manoelito de Ornelas)

Nenhum comentário: